SERÁ QUE FOMOS FEITOS, E EVOLUÍMOS, PARA CORRER?

Somos os maiores corredores de endurance no reino animal. E, acreditem: nada disso é obra do acaso!

Ainda que exista um espaço, a ser preenchido, entre nós e nossos parentes mais distantes em nossa evolução, existe um caminho fundamental que percorremos para nos diferenciarmos: nos adaptamos para percorrer grandes distâncias sem grandes perturbações metabólicas.

Grande parte dessa evolução, se não a principal, está envolvida em 4 pilares principais:

▪️Uso de ferramentas.

▪️Controle do fogo.

▪️Desenvolvimento cognitivo.

▪️Adaptações e/ou seleção natural biomecânica.

Aqui discutirei apenas o último pilar:

Adaptações e/ou seleção natural biomecânica.

Nossos parentes mais distantes possuem desvantagens biomecânicas quando comparados a nós. Dentre essas posso enumerar as que mais influenciaram a discrepância, entre eles e nós, no quesito percorrer grandes distâncias correndo:

📊Desenvolvemos uma postura e uma pose de pêndulo para deslocamento.

📊Nosso corpo é mais leve e temos maior superfície de contato.

📊Possuímos pernas mais leves que os nossos ancestrais.

📊Temos músculos mais curtos e tendões mais longos.

📊Desenvolvemos o calcanhar.

Vamos em partes:

👉🏼Desenvolvemos uma postura e uma pose de pêndulo para deslocamento.

O pêndulo é uma das maneiras mais eficientes de se deslocar economizando energia e, principalmente ao correr, o pêndulo é um diferencial do qual somente nós (dentre todos os outros mamíferos que correm) possuímos.

Ao caminhar fazemos um pêndulo estável

Durante a corrida fazemos um pêndulo invertido

Outros mamíferos corredores não possuem tamanha eficiência mecânica e economia energética para correr distâncias longas, porém nós somos capazes de percorrer distâncias muito longas, por muito tempo e com intensidades mais altas.

👉🏼Nosso corpo é mais leve e temos maior superfície de contato.

Dentre os nossos ancestrais e nossos parceiros na classe dos Mamíferos, somos os corpos mais leves e com maior área de superfície proporcional ao nosso peso. Tanta área de superfície em um corpo leve, funciona como um grande e eficiente sistema de arrefecimento: nosso corpo dissipa melhor o calor.

A grande área superfície relativa do homem

Cavalo possui menor capacidade de arrefecimento

Essa é uma das maiores vantagens que temos sobre outros animais. Conseguimos manter a temperatura corporal relativamente mais baixa e, com isso, evitarmos maiores gastos energéticos por conta de dificuldades de regulação na temperatura.

👉🏼Possuímos pernas mais leves que os nossos ancestrais.

Dentre os animais mamíferos corredores, temos as pernas relativamente mais leves.

Em atletas de endurance elas costumam ser leves e ainda mais compridas, o que gera uma maior eficiência mecânica e enérgica. Quando comparados com cavalos, por exemplo, temos um fêmur mais leve e alongado em suas devidas proporções.

Além de mais longos e leves, são mais flexíveis.

Ossos mais pesados e menos flexíveis

Isso nos torna mais econômicos e mais leves. Imagine como seria se você corresse com um peso desnecessário para a corrida, entende? Temos exatamente o necessário para não faltar e não sobrar, o exato. Isso nos tornou mais econômicos e capaz de sustentarmos intensidades mais altas durante muito tempo (endurance).

👉🏼Temos músculos mais curtos e tendões mais longos.

Nós perdemos a força com essas mudanças, porém tornamo-nos mais energicamente econômico. Os músculos mais longos, além de representarem um peso extra considerável, não eram mais tão determinantes para nossos grandes deslocamentos.

Enquanto somos mais resistentes, nossos primos conseguem produzir mais força

Possuímos movimentos mais amplos e econômicos

Assim como nos dias atuais, vivíamos realizando grandes deslocamentos atrás de melhores ambientes para viver, mais alimentos e até mesmo para fugirmos de mudanças de marés, por exemplo. Foi nesse período, provavelmente, que os mais resistentes começaram a ser naturalmente selecionados.

👉🏻Desenvolvemos/ mantivemos o calcanhar.

Não parece algo muito importante de se pensar, porém a existência do calcanhar, como uma alavanca de força, é um dos nossos maiores aliados no endurance.

Estima-se que aproximadamente 20% de energia é absorvida, armazenado e devolvida em forma de movimento a partir dele.

Nosso calcanhar como é

Macacos não possuem essa alavanca

E são os calcanhares que nos ajudam na redução de impacto durante a corrida.

Porém para isso é preciso saber como pisar, sem grandes impactos, durante a corrida.

Para entender melhor sobre esse tema, acesse meu outro post sobre isso: Redução de Impacto durante a corrida

Dúvidas sobre o tema?

Comente que eu ajudarei você!

Um abraço e até a próxima!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: