ANTI-OXIDANTES AJUDAM A RECUPERAÇÃO FÍSICA E MELHORAM O DESEMPENHO ESPORTIVO

A utilização de anti-oxidante ajuda a aliviar dores e melhorar a recuperação muscular.

Aliás, não só muscular: anti-oxidantes ajudam na recuperação também de esforços aeróbios (endurance).

👉🏻entenda melhor nessa postagem que preparei

Você pode testar alguns suplementos e até utilizar frutas, como por exemplo suco de cereja ácida, para ver como as dores diminuirão e você estará pronto para o próximo peak de desempenho esportivo.

👉🏻Os melhores resultados são encontrados em esportes de longa duração, com maiores impactos e maior dano muscular e fadiga geral.

Fontes de Antocianinas

Como acontece em maratonas e no ciclismo, os estudos têm demonstrado grande melhoria no “estado de prontidão” para a atividade, além de índices de marcadores fisiológicos de inflamação 200% menores que quando comparados com placebo.

Ainda não há um consenso geral, porém os estudos costumam adotar 2x30ml de concentrado de suco de cereja ácida, sempre diluídos em 200ml d’água, em cerca de 7 dias antes do evento, durante o evento e até 5 dias após o evento esportivo.

Os estudos apontam que a presença de Antocianinas presente na cereja ácida, ajuda a melhorar a recuperação física, além de diminuir a redução de força, pós esforço prolongado, típicas de quem foi exposto à exercícios extenuantes com duração acima de 1h, em média.

Claro que esportes mais curtos, onde há grande stress físicos e impactos intensos, também causam danos musculares que podem ser amenizados com a ingestão de antocianina.

As antocianinas são pigmentos hidrossolúveis, responsáveis pela cor vermelha de flores, frutos e plantas. Sua cor vermelha pode variar desde a tonalidade alaranjada, passando pelo azul até o roxo. (GUEDES, 2004).

A utilização desse recurso não inibe a inflamação e o dano muscular, porém diminui e cessa o ciclo da cascata inflamatória (dano muscular, entrada de oxigênio para regeneração, muitos oxigênio se tornando reativo, oxigênios reativos aumentando a inflamação -retorno ao dano muscular causando mais inflamação).

A suplementação com suco de cereja ácida melhora a qualidade do sono graças à melatonina sem reduzir o desempenho esportivo e cognitivo que, quando administrada em forma de suplemento, causa redução de desempenho.

Os estudos ainda são inconclusivos por alguns motivos. Dentre os motivos, a quantidade Antocianinas presente na cereja não é fácil de ser estipulada: depende da terra utilizada, dos adubos, da genética, tempo de cultivo, clima da região, época do ano e por aí vai. Porém, mesmo que pareça impossível fechar um protocolo específico de dose-resposta do suco dessa fruta, seu consumo é recomendado para melhorar o quadro de saúde geral.

Desde tratamento até prevenção de lesões e doenças, a ação dos componentes contidos na cereja são capazes de melhorar o humor e a qualidade do sono até, claro, melhorar as respostas imunológicas.

Ao que parece, tais benefícios podem ser tão eficientes que chegariam a atrapalhar adaptações causados pelo treinamento, pois se você dá uma dose externa pra um corpo que sofreu stress de treinamento, ele TENDERÁ a não precisar se adaptar.

Logo o seu uso como ergogênico parece ser recomendável em períodos restritivamente competitivos. Não em treinamentos gerais, exceto quando o estímulo e o stress causado por ele atinja um nível muito elevado.

Ao que sabemos até o momento, buscar alimentos com antocianinas, é uma maneira de melhorar a qualidade em vida e a recuperação física pós-esforço. A adoção traria benefícios para qualidade do sono, redução de problemas de saúde e ainda aumento da longevidade promovida através da redução de processos inflamatórios.

Já a sua suplementação, além de ser acompanhada por um responsável da área, deveria ser restritas à períodos competitivos ou em treinos subsequentes, sempre dentro da quantidade e qualidade corretamente estipulada.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: