DROP SET: ELE PODE NÃO FUNCIONAR

 O DropSet
 O DropSet é um método bastante utilizado para gerar fadiga muscular. A ideia principal é aumentar a quantidade de fibras musculares “recrutadas” durante o exercício.

Funciona da seguinte maneira:
? Uma Série com carga alta
? Uma série com carga moderada
? Uma série com carga leve

 Obs elas precisam ser realizadas de forma subsequente, sem intervalo de descanso entre elas.
Bem, mas nesse caso o Dropset não cumpre o prometido.
Conforme alguns estudos já publicados, realizar exercícios com repetições Submáximas não é uma estratégia interessante aumentar a atividade eletromiográfica.
O que aumenta a atividade muscular, é realizar exercícios com altas intensidades de carga, próxima à máxima.
O Dropset até pode ser feito com repetições máximas, mas é algo difícil de acontecer visto o aumento do tempo de tensão e a fadiga controlada pelo sistema nervoso central.
O método pode ser utilizado como uma maneira de aumentar consideravelmente o volume do treino sem, porém, provocar um aumento do tempo gasto treinando.

 Sua Ineficiência

 Precisamos pensar em três situações para explicar o porquê do DropSet precisar ser abandonado quando o objetivo é aumentar a atividade muscular:

1️⃣ Para ter maior atividade muscular, precisamos estimular séries com repetições máximas

2️⃣ Séries com baixa intensidade de carga, mesmo que sejam feitas até o máximo possível de repetições, NÃO são eficientes para gerar a maior contração máxima voluntária
3️⃣ Se você colocar, em uma série de Drop Set, uma série com repetições máximas, ela tende a não se diferenciar de uma série máxima feita de maneira isolada
 
Como Estimular a Maior Atividade Muscular
 Uma maior atividade eletromiográfica é uma sinalização de atividade/exigência muscular.
Não significa que, necessariamente, quanto maior a amplitude desse sinal maior será a hipertrofia do músculo exigido. Não confundam isso.
O maior sinal eletromiográfico pode sim ter relação com o Aumento de Força na musculatura exigida.
➡️ Quanto mais próxima da carga máxima, maior o sinal eletromiográfico da musculatura motora.
➡️ Plataformas Instáveis não aumentam a contração máxima voluntária da musculatura.
➡️ A idéia de que treinar com muitas repetições até a falha aumentaria a participação de unidades motoras do músculo, é equivocada.

➡️ Séries muito longas diminuem o sinal eletromiográfico, pois o maior tempo sob tensão é um fator que inibe, através do sistema nervoso central, a chegada de impulsos elétricos para a musculatura.

 fonte:Looney, DP, Kraemer, WJ, Joseph, MF, Comstock, BA, Denegar, CR, Flanagan, SD, Newton, RU, Szivak, TK, DuPont,WH, Hooper, DR, Ha¨kkinen, K, and Maresh, CM. Electromyographical and perceptual responses to different resistance intensities in a squat protocol: does performing sets to failure  with light loads produce the same activity? J Strength Cond Res 30(3): 792–799, 2016

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: