DEMÊNCIA: O EXERCÍCIO FÍSICO SALVA (E TRATA)

cuide do seu cérebro fazendo exercícios aeróbicos

O Condicionamento Aeróbio é importante para a manutenção da saúde cerebral

 Em uma revisão científica publicada por Erickson e Kramer, em 2008 no periódico Br J Sports Med, os autores buscaram informações sobre a Cognição e a Plasticidade Neural em pessoas idosas. Antes de explicar tudo, vamos para uma rápida explicação sobre Cognição e Plasticidade Neural.

  •  Cognição: Está ligada ao aprendizado e aquisição de conhecimento. Capacidade de adquirir novas informações através do aprendizado ou experiências.
  •  Plasticidade Neural: É a capacidade de formar novas adaptações/ligações neurais. Ainda que a região responsável por determinada função tenha sido lesionada por algum trauma/acidente, a Plasticidade Neural pode tornar outra região cerebral responsável pela função da parte lesionada.

 Com o avanço da idade e o aumento da expectativa de vida, é comum que todos nós experimentemos a deterioração do cérebro. Todos, sem exceção, pois essa é uma consequência inerente ao avanço da idade. Enquanto algumas pessoas perdem a capacidade cognitiva, outras parecem nem dar ao menos um sinal dessa perda.

 Parece provável que a degeneração cerebral está como efeito resposta à diminuição da capacidade aeróbia experimentado na velhice. Claro, estou falando aqui sobre uma velhice acompanhada da diminuição da atividade física diária.


Possível impacto do Treinamento Aeróbico

 Alguns estudos já mostraram que o exercício aeróbico, uma caminhada de intensidade moderada, promove melhorias em aspecto cognitivo no grupo que adotou uma rotina de exercícios aeróbios. Além, é claro, de melhorar o condicionamento aeróbico, diminuir a fadiga e outros benefícios que já conhecemos.

Incentive uma vida saudável para os idosos!

Idosos que praticam atividades aeróbicas são menos suscetíveis à demência.

Porém temos que deixar claro algumas questões:

  • Áreas responsáveis pelo controle executivo (planejamento, execução e monitoramento de comportamentos complexos) parecem ser as mais “plásticas” e suscetíveis ao estímulo do exercício aeróbio.
  • Há questões quanto ao grau de comprometimento do cérebro, quanto antes começar a se preocupar parece ser mais fácil impedir os sintomas.
  • O Treinamento Aeróbio afetou, positivamente, somente as regiões relacionadas com o Controle Executivo e Cognitivo.
  • É recomendável acrescentar o Treino de Força, pois esse traz diversos benefícios para a saúde e prevenção de doenças.

 Quando submetidos a diagnóstico por imagem, o cérebro de uma pessoa bem condicionada apresenta maior quantidade de massa cinzenta que em pessoas pouco condicionadas. Mover-se é a solução!

 Mulheres e o Envelhecimento

 Quando mulheres entram na fase pós-menopausa, a redução da secreção de Estrogênio acaba por diminuir o fator neurotrófico derivado do cérebro (BDNF). O BDNF tem papel importante para a saúde cerebral. É ele quem regula a sobrevivência neuronal e também é responsável pela adaptações neuroplásticas do mesmo.

 Com a queda dos níveis de Estrogênio, a saúde cerebral fica comprometida. Quando uma mulher opta por fazer reposição hormonal, a quantidade de BDNF já ajuda a saúde cerebral. Porém, quando adicionado o Treinamento Aeróbio, parece que a atividade de BDNF é ainda mais estimulada. Combinar a Reposição Hormonal e o Treino Aeróbio parece ser o tratamento ótimo para a saúde cerebral, combatendo a degradação do mesmo. Inclusive, devido ao tempo em que a mulher se submete à Reposição Hormonal, o tratamento parece perder um pouco de ação sobre o BDNF, fazendo com que a Massa Cinzenta sofra diminuição. Efeito esse que pode ser inibido pelo aumento do Condicionamento Aeróbio.

 Atividade Física como Tratamento

caminhar280514 Alguns estudos, feitos com roedores, mostraram que a adoção de uma rotina de Treinamento Aeróbio pode reduzir os efeitos do Mal de Alzheimer. Mas não apenas reduzir! A prática de Treinamento Aeróbio já foi capaz de reverter alguns sintomas do Mal de Alzheimer em roedores!

 Para saber a quantidade, intensidade, frequência e outras recomendações, procure um profissional de Educação Física para que ele possa dar melhor orientação!

 Se a Atividade Física é capaz ou não de tratar/reverter o quadro de degradação cerebral, a ciência ainda está caminhando para desvendar. Mas ela vem apontando que para se ter um cérebro saudável é preciso ter bom condicionamento físico. Então o que você está esperando para começar ainda hoje?

  •  Faça mais caminhadas durante seu dia.
  •  Use mais as escadas.
  •  Tire menos o carro da garagem.
  •  Incentive seus pais, avós, amigos, a fazerem mais atividades físicas!

 Pare e pense, depois responda com toda a sinceridade:

 Você está se protegendo? Você está protegendo quem você gosta?

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: