NATAÇÃO E HIIT

Sabemos que exercícios de baixa-moderada intensidade geram aumento da capacidade oxidativa no músculo esquelético. Quanto maior essa capacidade oxidativa, maior será a capacidade de produzir trabalho a partir da via aeróbia (através da respiração mitocondrial).

Esse processo, através de exercícios com baixa a moderada intensidade, requer estar exposto a um maior período de tempo/volume de treino.

TERADA;TABATA;HIGUCHI, publicaram em 2004 no Japanese Journal of Physiology, um estudo onde ratos eram submetidos a treinos de Natação com intensidades diferentes.

?O grupo HIIT executou 14x20seg em intensidade extremamente alta com descanso de 10seg. Totalizando um pouco mais de 4min/dia.
?O grupo ENDURANCE nadou por 2x3horas com intensidade baixa, descansando por 45min entre as séries. Ao final, totalizou-se 6hrs/dia.

Após 10 dias, o resultado:

?o aumento da capacidade oxidativa foi igual nos dois grupos.

?Aí temos questões importantes, a serem levadas em consideração, quando prescrevemos treinos para nossos alunos:

✔️tempo disponível

✔️tolerância ao exercício

✔️experiência anterior

✔️quadro de saúde geral

Bons treinos para todos!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: