DEMÊNCIA: O EXERCÍCIO FÍSICO SALVA (E TRATA)

 Em uma revisão científica publicada por Erickson e Kramer, em 2008 no periódico Br J Sports Med, os autores buscaram informações sobre a Cognição e a Plasticidade Neural em pessoas idosas. Antes de explicar tudo, vamos para uma rápida explicação sobre Cognição e Plasticidade Neural.  Cognição: Está ligada ao aprendizado e aquisição de conhecimento. Capacidade de adquirir Leia mais sobreDEMÊNCIA: O EXERCÍCIO FÍSICO SALVA (E TRATA)[…]

PLANK: A CIÊNCIA TESTOU!

Os músculos da região conhecida como CORE geralmente são conhecidos como responsáveis por “prevenir lesões e melhorar o desempenho”.  E, por algumas publicações científicas isso tende mesmo a acontecer: CORE mais forte parece sim está relacionado com menores chances de lesões e melhoria do desempenho.  Mas a questão é: Como Potencializar o CORE?  Já comentei Leia mais sobrePLANK: A CIÊNCIA TESTOU![…]

NATAÇÃO E HIIT

Sabemos que exercícios de baixa-moderada intensidade geram aumento da capacidade oxidativa no músculo esquelético. Quanto maior essa capacidade oxidativa, maior será a capacidade de produzir trabalho a partir da via aeróbia (através da respiração mitocondrial). Esse processo, através de exercícios com baixa a moderada intensidade, requer estar exposto a um maior período de tempo/volume de Leia mais sobreNATAÇÃO E HIIT[…]

SIT vs ET: 10 minutos ou 4,5 horas? Qual protocolo treinar?

Há, basicamente, duas linhas de trabalho quando se fala em prescrição de Treino Aeróbio. Uma linha, mais tradicional e até então mais aceitas, prevê treinos com maiores durações e intensidades entre baixas e moderadas. Uma outra linha, que eu não posso chamar de mais moderna porque já há estudos muito antigos sobre ela, prioriza treinos Leia mais sobreSIT vs ET: 10 minutos ou 4,5 horas? Qual protocolo treinar?[…]