ANABOLISMO e HIPERTROFIA – Algumas DICAS fundamentais!

 

projeto verão sarado
Hipertrofia e Anabolismo

Que o Treinamento Resistido é uma excelente ferramenta para aumentar a SÍNTESE PROTÉICA, todos nós já sabemos. Mas é possível potencializar essa síntese protéica, que é fundamental para a HIPERTROFIA MUSCULAR (Aumento da Massa Muscular).
Fazendo uma comparação bem simples:
Imagine que você esteja construindo uma casa, certo?
Você tem 10 funcionários trabalhando normalmente, todos os dias. Aí você passa a ter mais $ disponível para contratar mais 5 funcionários e, assim, sua obra tende a progredir mais rápido, certo?
Ao contratar mais funcionários, é preciso também aumentar a quantidade de tijolos/cimento e ferramentas para dar vazão à capacidade, agora maior, da sua equipe de funcionários.
Nos próximos posts estarei explicando melhor sobre esses “materiais” e “ferramentas” para otimizar essa construção muscular

A JANELA DE OPORTUNIDADE ANABÓLICA 
Ingerir Proteínas e aminoácidos Essenciais imediatamente após o Treino Resistido (há um aumento do potencial de síntese protéica entre 100% a 150% que o basal fisiológico). Isso é essencial para manter o Balanço Protéico (catabolismo anabolismo). Porém, não se preocupe somente com esse período! Em jovens saudáveis, a JANELA DE OPORTUNIDADE ANABÓLICO pós Treinamento Resistido mostrou-se “aberta” por cerca de 48h pós sessão de treinamento intenso (Treinos com Repetição Máxima) . Logo, de nada adianta você consumir o seu shake protéico pós treino e não consumir proteínas (animal ou vegetal, como no meu caso), pelas próximas 48 horas após o treino.
Então vamos assim, resumindo:
Proteínas e aminoácidos Essenciais imediatamente após o Treino Resistido (há um aumento do potencial de síntese protéica entre 100% a 150% que o basal fisiológico). Isso é essencial para manter o Balanço Protéico (catabolismo  anabolismo). Porém, não se preocupe somente com esse período! Em jovens saudáveis, a JANELA DE POTENCIAL ANABÓLICO pós Treinamento Resistido mostrou-se “aberta” por cerca de 48h pós sessão de treinamento intenso (Treinos com Repetição Máxima) . Logo, de nada adianta você consumir o seu shake protéico pós treino e não consumir proteínas (animal ou vegetal, como no meu caso), pelas próximas 48 horas após o treino.
indicadas para sua idade etc)
✔️Alimentação com mais proteínas (consulte um nutricionista para saber quantidade/fontes Ingerir indicadas para sua idade etc)
✔️Shake é um ótimo recurso, porém não há necessidade de toda aquela pressa de consumir após o treino
✔️Quanto menor a quantidade de gordura na proteína, mais interessante será o seu consumo para a hipertrofia
✔️O Treino de Repetição Máxima é o mais indicado. Isso significa que não adianta aquele whey hidrolisado, isolado e etc, se o treino for submáximo


A SÍNTESE MUSCULAR PROTÉICA (Pode chamar de aumento de massa muscular, também), pode ter sua magnitude ampliada e sua duração prolongada. Para isso, esteja atento:
DOSE DIÁRIA DE PROTEÍNAS 
FONTE PROTÉICA
INGESTÃO DE AMINOÁCIDOS ESSENCIAIS
PERÍODOS DE CONSUMO
Esses fatores são dependentes da sua idade, nível de atividade física, tipo de treino e quadro de saúde geral.


Importante estar atento(a) à quantidade de LEUCINA e/ou ARGININA pós Treinamento Resistido, pois esses dois Aminoácidos, segundo estudos, parecem influenciar positivamente na Síntese Muscular Protéica (SMP).
Diversos estudos apontam a LEUCINA como um aminoácido essencial fundamental para estimular a SMP. Ela vem sendo sugerida como um dos aminoácidos mais importantes para a Iniciação da Atividade de Síntese Protéica.
Então, no pós treino, seria bastante interessante que esse aminoácido estivesse presente na sua suplementação 
Alguns suplementos pós treino, como Whey Protein, já são enriquecidos com LEUCINA 
Vale a pena olhar o rótulo 



Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: