A Osteoporose, o Impacto e o Treino de Força

 Com uma expectativa de vida cada vez maior, graças aos avanços das Ciências da Saúde, a sociedade passa a ter uma nova característica: maior número de indivíduos na terceira idade.
 Assim, se antes a tuberculose, pneumonia e outras doenças eram os grandes problemas presentes na sociedade “jovem”, temos agora outras doenças que afetam diretamente uma população de idade mais avançada. Seja a Hipertensão Arterial e a Diabetes (que também têm atingido jovens adultos), uma das maiores problemáticas dessa nova sociedade é a Osteoporose.

 Sua prevenção e tratamento vão além do consumir mais leite, tomar banho de sol ou fazer uso de medicamentos. Sua maior prevenção e tratamento podem estar na esquina mais próxima da sua casa, mais especificamente em uma Academia de Musculação.

 Uma revisão de estudos publicado pela Cardiovascular Physiology and Rehabilitation Laboratory, da University of British Columbia, aponta que alguns dados que chamam a atenção sobre o assunto Osteoporose.

  •  Pessoas que fizeram Treino de Resistido tinham aumentado mineral óssea densidade em comparação com aqueles que não fizeram parte do programa de treino.
  •  Atletas que praticam esportes de alto impacto tendem a um aumento da densidade mineral do osso em comparação com os atletas que se envolveram em esportes de baixo impacto.
  •  Programas de treinamento preveniram ou reverteram quase 1% de perda de massa óssea, por ano, na coluna lombar, femoral e pescoço, tanto pré-e pós-menopausa.
  • O risco e a incidência de fraturas também é reduzida em pessoas que participaram de um programa de Treino Resistido. 
  •  Taxas de fraturas são menores foram menores entre as pessoas que realizaram mais atividades de suporte de peso do que entre os sedentários.
“Em resumo, a actividade física de rotina parece ser importante
na prevenção da perda de densidade mineral óssea e osteoporose,
particularmente em mulheres na pós-menopausa. Os benefícios claramente
superam os riscos potenciais, especialmente em pessoas mais velhas.”
 As evidências indicam que praticar Treino Resistido regularmente é uma eficiente estratégia na prevenção secundária na luta contra a osteoporose e na manutenção da saúde dos ossos.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: