Exercícios Físicos ajudam no tratamento da Depressão

Além da diminuição da depressão, a atividade física melhora o
 sistema imunológico do indivíduo.
  Ao que tudo indica, a Depressão está relacionada diretamente com a falta de Atividade Física e com a diminuição da capacidade Cardiopulmonar… Está com Depressão? Levante-se e vá direto procurar uma academia!

  
  Perda de peso, sentimento de culpa, ideação suicida, hipocondria, queixa de dores e até mesmo psicose, são características de um quadro de Depressão. 
  Tais sintomas levam muitos direto às farmácias para comprar medicamentos antidepressivos. Também chamados de Ansiolíticos, esses medicamentos sofreram um aumento assustador no volume de vendas. Vendas essas que saltaram de 29,46 mil caixas no ano de 2007, para 10,59 milhões(!) de caixas em 2010!

  A depressão pode ser descrita como uma sensação de tristeza, infelicidade, abatimento ou pesar. A maioria de nós já se sentiu assim em algum momento, por um período breve. A depressão clínica é um transtorno de humor no qual a sensação de tristeza, pesar, raiva e frustração interfere na vida diária por um longo período.

Uma alternativa mais humana e saudável  
  Qual caminho está seguindo nossa sociedade? Seria uma banalização do consumo desses medicamentos (que inclusive tem sua receita retida na farmácia)? Ou será que há muitos profissionais prescrevendo esse tipo de medicamentos para todos os casos?
  Somente cerca de 30 a 35% dos pacientes respondem efetivamente ao tratamento com a utilização de medicamentos Ansiolíticos.
Esportes em grupos são muito interessantes
 no combate aos sintomas da Depressão.
  Ao que tudo indica, há uma solução que pode ajudar, e até suspender, o uso desses medicamentos Ansiolíticos: Movimentar-se! É, o ato de se movimentar. Seja caminhar, nadar, pedalar, praticar algum esporte, matricular-se em uma academia,… Enfim, esse é um recurso saudável que não deve ser descartado!

A pesquisa realizada
  Um Artigo de Revisão, realizado por uma equipe de pesquisadores da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), elaborado com o objetivo de revisar a literatura quanto (I) ao possível efeito protetor do exercício físico sobre a incidência de depressão e (II) à eficácia do exercício físico como intervenção no tratamento da depressão“, encontrou relação direta com a Prática de Exercícios e Atividades Físicas com a Depressão em idosos.
  Segundo o estudo, a Depressão promove a redução da prática de Atividades Físicas (I) e a Atividade Física pode ser um coadjuvante na prevenção e no tratamento da depressão no idoso (II).
  Importante ressaltar que a Atividade Física e o Exercício Físico não são considerados como tratamento para Depressão. Nunca suspenda o uso de medicamentos sem antes consultar seu médico. Sua saúde é sua vida, e esse é um bem muito precioso! Temos que preservá-lo!
Até a próxima!

  

2 ideias sobre “Exercícios Físicos ajudam no tratamento da Depressão

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: