Dores na Lombar?

Dores na Lombar (Lombalgia)
Também conhecida como Lombalgia, essas dores afetam cerca de 80% da população adulta. Isso significa que é provável que você, ou alguém do seu convívio, sofra desse problema.

A região lombar da coluna vertebral sustenta uma grande carga de peso no decorrer do dia e, quase invariavelmente, de “maneira errada”. Essa “maneira errada” está relacionada, quase sempre, com um quadro de hipotrofia muscular. Em outras palavras: sua musculatura localizada na lombar não está forte o suficiente.
Você consegue imaginar o que aconteceria com um músculo fraco tendo que suportar uma considerável carga de peso durante todo o dia? Então, é esse é o problema! Os músculos da região se cansam e não são capazes de suportar a carga a qual são submetidos durante o passar das horas no dia a dia. O resultado disso é um músculo fadigado (cansado) e incapaz de realizar o trabalho ao qual foi destinado. Esse é um fator determinante para que sua postura seja  “abandonada” e, com isso, a região que já recebia consideravel carga de peso, passe a recebê-la, agora, de maneira errada.
A ausência de uma postura correta e, por conseqüência,  as dores na região lombar, resultam em uma certa aversão à atividade física. E assim começa um ciclo onde o músculo estará cada vez mais fraco e as dores cada vez mais freqüentes e duradouras.
O que talvez você não saiba é que, após passada a dor aguda, um dos melhores tratamentos para se evitar esse quadro é, justamente, a atividade física. Quem tem em sua rotina a prática atividade física, principalmente se for realizada com uma boa orientação, tem a musculatura lombar fortalecida e uma melhor consciência postural.
Praticando regularmente alguma atividade física e fortalecendo os músculos da região lombar, as chances das lombalgias voltarem são consideravelmente diminuídas. O melhor disso tudo é que alguns exercícios podem ser feitos em casa mesmo, até mesmo sem a utilização de grandes equipamentos, e são bastante eficazes para a melhoria desse quadro!
Então é isso, procure um Médico Ortopedista e veja se o caso é de enfraquecimento dos músculos e, sendo esse o diagnóstico, procure um Professor de Educação Física. Assim você poderá ter um trabalho direcionado para o fortalecimento lombar, que resultará uma diminuição da freqüência das Lombalgias. A prática regular e bem orientada fará com que você experimente não só a diminuição do quadro de Lombalgia mas, também muitas outras mudanças positivas na sua vida. Redução de peso, condicionamento físico, melhora na circulação sanguínea e muitos outros benefícios!
Bons treinos, saúde e até a próxima!
(Esse site tem como objetivo apenas informar. Aqui não se prescreve treino, dieta e não orienta uso de medicamentos/suplementos. procure um profissional responsável para ter orientação)

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: